"Na Natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma."

Lavoisier

Travessia no Deserto

Desde que comecei a trabalhar esta técnica que queria fazer uns quadros para os meus irmãos, mas ainda não tinha encontrado as imagens "certas".
Ao folhear a 1ª. revista dedicada ao tema, achei que estes monges eram a "cara" do L.

Claro que não me enganei! Adorou, claro!



A interpretação dele é que são monges tibetenos, de acordo com as vestes  e os acessórios que usam e, enquadra-se num determinado ritual.

O J. ainda não tem. Mas, como já referi ainda não encontrei o tal...


Preto, Verde e Branco

Aproveitando o preto dos azulejos e da pedra da bancada, resolvemos (o M. e eu)
 decorar a cozinha neste tons.


A cozinha oa contrário do que estão a pensar, não é todo preta, apenas na zona de trabalho.
 Logo, os pormenores fazem a diferença.


O verde-alface surge como meio de contraste para não tornar tudo monótono e, daí surge este tabuleiro.
Preto, um toque de verde por dentro e um tecido a imitar folha de jornal.


Aos quadrados

O M. ofereceu-me uma máquina de costura,


para já não quiz nada de especial. Uma Jatta, pequena e o ideal para começar a coser.

Ora, juntando uns trapinhos,



procurando na net algumas orientações, visitando blogs alheios,
 fui desbravando e triando tanta informação....



acabou por sair uma sacola para a M. usar na primavera (qd será que ela vem...?).
De todos os modelos que vi, achei que este era o mais adequado para uma 1ª. vez.


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails